Blog

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

E a porta abriu...em Évora






Uma peculiar planicie Alentejana bem perto de Évora foi o cenário que escolhemos para as fotos que farão parte deste meu primeiro álbum a solo. Ou terá sido o cenário que nos escolheu a nós?
Tal como qualquer bom plano, nada como mudar de planos a meio do caminho, só porque aquela planicie, aquela particular planicie parecia chamar-nos.
E o dia não podia estar melhor..
Tive o privilégio de poder contar com a objectiva "poética" do Augusto Brázio, nome bem conhecido para quem acompanha este fascinante mundo da imagem.
Por ali andámos nós, durante umas seis horas abrir e a fechar a porta, a jogar com a luz e com as sombras, esperando que as imagens pudessem falar por si...
O Sol despediu-se da mesma forma que nos acompanhou o dia todo...sublime, e aquele bocado de terra parecia conhecer-lhe as manhas todas ao desenhar-lhe tão bem, o contorno da despedida.

4 comentários:

Paula Gonçalves disse...

Miguel Aveiro, Coimbra tem portas lindas, paisagens imortais, marca paragem por cá ;)
Q sorte desse Sol, dessa estrela q vos acompanhou mas q não nos contou nada! Deixou-te esse previlégio. Cá esperamos por ti, a passadeira está de baixo dos teus pés... segue em frente.
Até breve!!!
Bj grd, do tamanho dessa estrela companheira
:)

Paulo "Big" disse...

Excelente corrente de ar em forma de palavras, mas que não atenua (de forma alguma) a expectativa...

;-)

Abraço

Vanessa disse...

Fico feliz por tudo estar a ganhar a sua forma.
Mas continuamos curiosos com o resultado final.
Cá ficamos à espera...
Bj.

Carlos Correia disse...

Por cá? Por Évora?
Excelente escolha! Este Alentejo tem paisagens inimagináveis... e quando conciliadas com um pôr-do-sol daqueles...
Pelo que já observei pelas fotos do teu blog o trabalho final deve ter ficado extraordinário.
Abraço e saudações musicais.